Engenharia de produção: Salário, Mercado de Trabalho, Faculdade

67
5667

Engenharia de produção: Salário, Mercado de Trabalho, Faculdades

Engenharia de produção é a disciplina e também ferramenta que o profissional usa para aumentar a produtividade de uma empresa utilizando os recursos humanos, financeiros, materiais e outros para esse objetivo. Além de ter conhecimentos em métodos de engenharia para mudar a produção, o profissional em engenharia de produção deve ter conhecimentos em economia e também em administração.

A maneira como o profissional se integra à profissão é muito além do ambiente da empresa onde está trabalhando: situações, acontecimentos e diversos fatores que estão fora da empresa faz com que afete a maneira como o profissional irá aplicar o aumento na produtividade dentro da empresa.

O mercado de trabalho para esse profissional está vasto, a aplicação dos conhecimentos se aplica a vários setores da indústria, além também do ramo de serviços e comércio. Na maioria das faculdades são poucos os alunos que não estejam empregados enquanto praticam ou terminam a sua faculdade. O salário inicial para a carga horária de 6 horas diárias está em torno de R$ 3.000, segundo o CREA do estado de São Paulo, isso pode variar de empresa para empresa, mas a média é  em torno desse valor.

Os engenheiros de produção também podem atuar em ramo logístico, principalmente no estabelecimento de métodos e tecnologias para gerar mais resultados e retornos. Ele também poderá atuar em estabelecimentos como um hospital ou uma loja de determinado produto, atuando de maneira a fazer com que as “engrenagens” do estabelecimento funcionem melhor do que era.

Durante o curso da faculdade o estudante aprende as seguintes habilidades:

  • · Habilidades básicas sobre engenharia e a aplicação de tecnologias na resolução de problemas situacionais.
  • · Bastante contato com cálculos, presentes em matemática, física, química, além de outras disciplinas relacionadas.
  • · Obtém conhecimentos e habilidades para gerir um negócio, assim poderá fazer mudanças sem afetar a administração da empresa.
  • · Estratégias e intervenções empresarias, além de organização do trabalho e otimização de processos e relacionados.
  • · Curso com duração média de cinco anos, tempo para obter habilidades como ciências econômicas além das citadas anteriormente.

A profissão de engenheiro de produção é uma profissão muito boa, principalmente se o estudante gostar do que faz, mas fique atento, pois há faculdades e também outros estabelecimentos de ensino que não dão formação completa e preferem dar um curso com foco para alguma especialização específica. Escolha com sabedoria antes de iniciar seu curso de engenharia de produção.

67 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.