Tecido Conjuntivo e Epitelial

É o tecido conjuntivo que estabelece e mantém a forma do corpo. Ele é responsável pela ligação entre células e órgãos e ainda dá suporte mecânico a estas entidades, organizando-as da forma correta. Uma analogia usada tradicionalmente para exemplificar são tijolos (células e órgãos) e o cimento (tecido conjuntivo) que os une.

O tecido é formado por três componentes: fibras, células e substância fundamental, com predominante presença da matriz extracelular (fibras + substância fundamental). As diferentes quantidades e qualidades desses é o que define as características e funções de cara tipo de tecido conjuntivo.

As principais células existentes no tecido conjuntivo são: os fibroblastos (controlam o crescimento e a diferenciação celular), os leucócitos (defesa, produtores de anticorpos) e as células adiposas (estocam gordura, para reserva energética).

Encontramos o tecido conjuntivo em tendões e ligamentos, aponeuroses, cápsulas envolvendo órgãos, membranas orgânicas e constituindo o estroma (tecido de sustentação) dos órgãos.

Existem quatro tipos de tecido conjuntivos:

  • Tecido conjuntivo propriamente dito: faz a estruturação e o suporte. Pode ser frouxo ou denso. O frouxo suporta estruturas que estão sujeitas a pequenos atritos e pressão, preenchendo espaços entre células, suportando células epiteliais e em torno dos vasos sanguíneos e nas membranas serosas. O denso, de mesma composição que o frouxo, possui menor quantidade de células e abundantes fibras colágenas, oferecendo assim resistência e proteção ao tecido. É menos flexível e mais resistente à tensão.
  • Tecido Adiposo: composto por células adiposas. Ele é o maior depósito corporal de energia, armazenada em forma de lipídios. Serve para modelar a superfície do corpo, sendo responsável pelas diferenças da silhueta masculina e feminina. Ele também forma coxins sobre a pele, oferecendo importante proteção contra choques mecânicos, por exemplo, na planta dos pés, na palma das mãos e nas nádegas. E como a gordura não é bom condutor de calor, o tecido adiposo constitui ainda um isolante térmico para o corpo.
  • Tecido Cartilaginoso: com consistência rígida, oferece suporte para os tecidos moles. Reveste também as superfícies articulares, absorvendo choques e facilitando o deslizamento dos ossos nas articulações. É o principal constituinte dos ossos no feto e no recém-nascido, diferenciando-se em tecido ósseo e promovendo o crescimento da criança.
  • Tecido Ósseo: constitui os ossos, o principal constituinte do esqueleto. Dá suporte ao corpo e protege órgãos vitais, exemplo do cérebro na caixa craniana e os pulmões e o coração na caixa torácica. É o apoio dos músculos esqueléticos, proporcionando movimentos úteis aos membros. Também é o responsável por proteger e alojar a medula óssea, formadora das células sanguíneas. Ainda tem a função de depositário de cálcio, fosfato e outros íons, possibilitando regular a liberação destes no sangue quando necessário.

Resumo do tecido conjuntivo

  • Células afastadas;
  • Rica em substância intercelular (glicoproteínas);
  • Vascular e inervado (exceto a cartilagem);
  • Possui líquido intersticial;
  • Múltiplas funções (proteção mecânica, armazenamento, nutrição, produção de células).

Tecido Epitelial

O tecido epitelial é definido como um tecido de células justapostas, unidas por uma fina camada de substância fundamental, quase inexistente em alguns casos. Não vascularizados, se alimentam por difusão através de capilares sanguíneos dos tecidos conjuntivos diretamente ligados a eles. Existe uma membrana basal entre os tecidos, que possibilita esta troca, sem espaços intercelulares.

Encontramos o tecido epitelial na epiderme, onde ele é responsável pela proteção contra atritos e traumas, desidratação e agentes nocivos existentes no ambiente externo. Há também os epitélios internos, que envolvem os órgãos e têm funções como absorção de água e alimentos, trocas respiratórias e secreção. Existem ainda os secretores ou glandulares, com objetivos específicos de produção de suor, sebo, lágrimas, muco, leite e sucos digestivos.

Os epitélios podem ser classificados com base em diferentes critérios:

  • Forma das células

○       Pavimentosos (Exemplo: endotélio, é fino, de espessura variável, reveste o coração, vasos sanguíneos e vasos linfáticos. Os mais finos capilares sanguíneos e têm a parede formada apenas pelo endotélio).

○       Cúbicos

○       Clilíndricos (prismáticos)

  • Número de camadas celulares

○       Simples: têm apenas uma camada celular

○       Estratificados: várias

○       Pseudoestratificados : mais raros, com uma só camada de células de diferentes alturas e os de transição (mistos), com poucas camadas, sendo as células superficiais diferentes das basais.

  • Funções

○       Ectoderme: epitélios de revestimento externos (epiderme, boca, fossas nasais, orifício retal).

○       Endoderme: epitélio de revestimento do tubo digestivo, da árvore respiratória, do fígado e do pâncreas.

○       Mesoderme: endotélio (vasos sanguíneos e linfáticos) e mesotélio (revestimento de serosas).

Resumo do tecido epitelial

  • Células justapostas;
  • Pobre em substância intercelular;
  • Avascularizado;
  • Nutrição por difusão;
  • Reveste e protege;
  • Queratinizado.

Gostou? Curta nossa página no Facebook e receba conteúdo exclusivo sobre Tecido Conjuntivo e Epitelial.

Related Posts

8 Comentários


  1. Doris Sampaio, 1 ano atrás

    MUITO BOM TIREI ALGUMAS DUVIDAS VALEU…….

    Responder


  2. Rose Fofinha Sparemberger, 1 ano atrás

    grande de mais

    Responder


  3. Nazareno Rodrigues, 1 ano atrás

    deu pra fazer atividade de casa '-'

    Responder


  4. Pâmela Gomes de Freitas, 1 ano atrás

    e quem é o autor???????????

    Responder


  5. Nathalia Candeia, 1 ano atrás

    Gostei Bastante…

    Responder


  6. Layanne Carvalho, 1 ano atrás

    gostei muito

    Responder


  7. Bia, 1 ano atrás

    Também acho kkkk, desanima só de olhar :/

    Responder


  8. Mari, 3 semanas atrás

    Ótimo resumo, só faltou o autor… e essa explicação do tecido conjuntivo está um pouco incompleta…

    Responder


Poste seu comentário

Siga-nos

Receba por email

logo rss

Digite seu email abaixo e receba nossas últimas atualizações por email.

Coloque o seu email abaixo: