Romantismo – Características, Autores

Romantismo: Características, Autores românticos e Gerações no Brasil.
Romantismo
O Romantismo somente foi definido como escola literária nos últimos 25 anos do século XVIII. A Alemanha e a Inglaterra foram pioneiras no romantismo, mas foi a França que divulgou a nova tendência.

Em Portugal, o poema “Camões” de Almeida Garrett foi o marco inicial do Romantismo no país.

O livro de poesias “Suspiros poéticos e saudades” e a revista Niterói são consideradas o marco inicial do Romantismo no Brasil. As duas obras foram lançados no ano de 1836.

O momento histórico em que ocorreu o Romantismo no Brasil, deve ser visto a partir da chegada da família real, em 1808, que leva o Rio de Janeiro a viver um processo de urbanização e intelectualização.

Características do Romantismo

Inicialmente, romântico era tudo aquilo que se opunha a clássico. Ou seja, passa a valorizar o caráter popular, o folclore e o que é nacional. O indivíduo passa a ser o centro das atenções, apelando para a imaginação e para os sentimentos, resultando uma interpretação subjetiva da realidade.

Veja uma tabela abaixo comparando algumas características do Classicismo com o Romantismo.

Classicismo

Romantismo

razão

sensibilidade

elitização

Motivos populares

Imagem racional do amor e da mulher

Imagem sentimental e subjetiva do amor e da mulher

erudição

folclore

paganismo

Cristianismo

Antiguidade clássica

Idade média

Impessoal, objetivo

Pessoal, subjetivo

Disciplina

Libertação

Geral, universal

Particular, individual

Modelo clássico

Não há modelos

Formas poéticas fixas

Versificação livre

Apelo à inteligência

Apelo à imaginação

Gerações românticas no Brasil

O Romantismo pode ser classificado em três gerações no Brasil.

Primeira – geração nacionalista: Exaltação da natureza, criação do herói na figura do índio, sentimentalismo e a religiosidade são algumas das características marcantes da chamada geração indianista. Principais autores: Gonçalves Dias, Gonçalves de Magalhães e Araújo Porto Alegre.

Segunda – geração do mal-do-século: Negativismo, desilusão, tédio e dúvida são características da segunda geração do romantismo. A fuga da realidade é um dos temas preferidos que se manifesta na exaltação da morte e nas virgens sonhadoras. Principais autores: Álvares de Azevedo, Casimiro de Abreu, Junqueira Freire e Fagundes Varela.

Terceira – geração condoeira: Caracterizada pela poesia social e libertária, reflete as lutas internas da segunda metade do reinado de D. Pedro II. Castro Alves foi seu principal representante.


Que tal saber mais de:

84 comentários em “Romantismo – Características, Autores

  1. Uma crítica minha: a maior parte dos livros e sites que eu li sobre o assunto dão quase ou nenhuma importância ao romantismo fora do país. Raros são também os textos que falam sobre o romantismo em outras áreas da arte que não a literatura. Qual é, se for pra ensinar, ensinem direito.

  2. uhhuhuh..!!!

  3. Falta mais informação, não só aqui como em outros sites sobre este período tão importante na literatura!!!
    Aprofundar mais em escritores como: Almeida Garrett, Goncalves Dias, Castro Alves e José de Alencar!!!

  4. Muito legal!!! Deu para aprender bastante neste site. Obrigado aos criadores, tudo isso cai na prova e tirei 10

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>