Revolução francesa – Causas, resumo

Revolução francesa – Causas, resumo

A Revolução Francesa trata de acontecimentos que acontecerem e mudaram a política do país entre 5 de maio de 1789 e 9 de novembro de 1799 e foi um dos maiores acontecimentos da humanidade.

Neste intervalo de tempo, houve a convocação dos Estados Gerais, juntamente com a queda de Bastilha, além do golpe de estado de Napoleão Bonaparte, mais conhecido como 18 de Brumário.

Foi a Revolução Francesa que estimulou o início da Idade Contemporânea e seu principal benefício foi a eliminação da escravidão, a servidão e os direitos feudais, a promoção da liberdade e dos direitos individuais e da sociedade que foram conquistados.

Mas antes de tudo isso acontecer na França ocorreu os sistemas de governo como ditadura, impérios e monarquia constitucional.

Os principais motivos que geraram o surgimento da Revolução Francesa foram os seguintes:

  • A crise financeira sofrida pelo país antes da revolução (uma das principais causas).
  • Os envolvimentos da França na Guerra de Independência dos Estados Unidos, além da participação e derrota na Guerra dos Sete Anos, resultaram em motivos bélicos para o surgimento da crise e também para a insatisfação geral do povo.
  • As finanças e os custos gerados pela Corte de Luís XVI foi um dos fatores para a crise financeira. Os tributos estavam pesados para o povo e, com a isenção de pagamentos de impostos para os Privilegiados, além dos gastos supérfluos da Corte, pesaram muito na balança da insatisfação do povo.

A Revolução Francesa pode ser dividida em quatro partes, cada uma delas com suas características e estágios diferentes:

  • · O primeiro período foi a Assembleia Constituinte e ocorreu entre 9 de julho de 1789 até 30 de setembro de 1791.
  • · O segundo período foi a Assembleia Legislativa e ocorreu entre 8 de outubro de 1791 até 7 de setembro de 1792 aproximadamente.
  • · Logo depois veio a Convenção Nacional, ocorrida entre 20 de setembro de 1972 até 26 de outubro de 1795.
  • · Por fim, veio o Período do Diretório, ocorrido até 1799.

Os principais fatos ocorridos e que tiveram importante colaboração e influência na Revolução Francesa foram os seguintes:

  • Revolta dos Notáveis em 1787.
  • Em 1789, com a Revolta do Terceiro Estado, a Tomada de Bastilha e a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão.
  • Confisco dos bens do Clero, em 1790.
  • Estabelecimento da Monarquia Constitucional e fuga seguida da prisão de Luís XVI, em 1791.
  • França sendo invadida pela Áustria e Prússia, em 1792.
  • Golpe de estado, em 1799, por Napoleão Bonaparte.

A participação de diversos personagens e força governamentais, além da influência do povo, deixaram a revolução mais intensa.

A Revolução Francesa foi um dos acontecimentos mais conturbados da História, além de ser uma das mais importantes revoluções na história da humanidade.


Gostou? Curta nossa página no Facebook e receba conteúdo exclusivo sobre Revolução francesa – Causas, resumo.

Related Posts

30 Comentários


  1. Jessica Ofylussk, 3 anos atrás

    valeu amei o resumo ajudo bastante

    Responder

    caca Reply:

    ñ me digagagaca

    Responder


  2. Etiene Almeida, 2 anos atrás

    bom muita porcaria

    Responder

    caca Reply:

    calada

    Responder


  3. Justo, 2 anos atrás

    Quem escreveu ou tinha pressa ou estava com sono pois é tão pequeno que me da vontade de chorar.

    Já começaram falando sobre o final da revolução, 18 brumário.

    Melhor mesmo é a INFOESCOLA.

    Responder


  4. Isabely Chaves, 1 ano atrás

    Esse resumo me ajudou :)

    Responder

    caca Reply:

    e eu tambemkkkkkk

    Responder


  5. Victor Vieira, 1 ano atrás

    vlw

    Responder


  6. Lais Fernandes Francescon, 1 ano atrás

    "acontecimentos que acontecerem"???? eu acho q ta meio errado ein?

    Responder

    Luiz Gustavo Reply:

    vs acha KKKKKKKKKKKK Tenho certeza mano !!

    Responder


  7. João Victor Villa Real, 1 ano atrás

    bom

    Responder

    caca Reply:

    epouco

    Responder


  8. caca, 1 ano atrás

    nossa q lixo esse sitekkkkkkkkkkkkk

    Responder


  9. Emerson Barros, 1 ano atrás

    Sinal que leu rsrs' normalmente as pessoas só dão um CTRL + C e Já era kk!

    Responder


  10. Raldo, 11 mêss atrás

    “Logo depois veio a Convenção Nacional, ocorrida entre 20 de setembro de 1972 até 26 de outubro de 1795.”
    Não seria de 1792-1795?

    Responder


  11. Paulo Henrique Ferreira Adames, 10 mêss atrás

    mostra a bibliografia pelo amor de Deus

    Responder


  12. Luiz Otavio Barbosa, 10 mêss atrás

    prussia amigo, pelo amor de deus vai pa puta que pariu quem escreveu isso!!

    Responder


  13. Eduardo Barros, 10 mêss atrás

    O animal vai estuda pelo amor de deus, to com preguiça de explica mas ta ai oque é a prussia http://mundoestranho.abril.com.br/materia/o-que-foi-a-prussia

    Responder


  14. Eryc Henrique Ribeiro, 9 mêss atrás

    seus bando de gay

    Responder


  15. Eryc Henrique Ribeiro, 9 mêss atrás

    seus bando de gay

    Responder


  16. Leonardo Freire, 7 mêss atrás

    por favor diz q não foi um professor q escreveu isso

    Responder


  17. Leonardo Freire, 7 mêss atrás

    Emerson Barros mas bem q podia melhorar a concordância das palavras

    Responder


  18. Eduarda Rezende, 6 mêss atrás

    É prussia mesmo meu filho….

    Responder


  19. Rodrigo Andrade, 5 mêss atrás

    Gente, resumo bem compacto da revolução, me ajudou bastante!

    http://vestibuliving.blogspot.com.br/2014/09/revolucao-francesa-1789-99-revolucao.html

    Responder


  20. Damaris Dias, 5 mêss atrás

    O que foi a Prússia?

    A Prússia foi uma poderosa nação européia que dominou boa parte do centro do continente no século 19. Suas raízes, porém, vêm da Idade Média, quando o país era habitado por caçadores e criadores de gado. Do século 13 em diante, a área caiu na mão de reinos germânicos, que impuseram costumes próprios e transformaram a Prússia em uma máquina de guerra. O auge dessa fera militar ocorreu em 1871, quando o ministro-presidente prussiano Otto von Bismarck liderou a unificação dos Estados de origem germânica para criar um novo país, o Império Alemão. Depois desse processo, a Prússia passou a ser um Estado dentro do Império Alemão, com uma constituição própria e relativa liberdade de decisão em relação ao governo central. Essa organização começaria a ruir com a derrota alemã na Primeira Guerra, em 1918. Na ressaca da surra, o Império Alemão tornou-se uma república – que depois ganhou o nome de Alemanha – e a Prússia perdeu território para países vizinhos. As dificuldades aumentaram na década de 30, quando Hitler chegou ao governo na Alemanha. Concentrando o poder em suas mãos, o ditador acabou com a autonomia administrativa da Prússia e meteu a Alemanha na Segunda Guerra (1939-1945). Por causa da nova derrota, os nazistas foram varridos do poder e a Alemanha passou por uma reestruturação. Na onda da reconstrução, a Prússia deu adeus ao mapa. Em 1947, o Estado foi oficialmente abolido, perdendo seu governador e sua representação parlamentar.

    Responder


  21. vitoris, 3 mêss atrás

    muito bom me ajudou muito kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder


  22. ANA CARLA, 3 mêss atrás

    UUUUUUUUUU Q PORCARIA!

    Responder


  23. Gabriel Domingos Gabriel, 1 mês atrás

    matéria resumida e objectiva.

    Responder


  24. Pascoal Yasmin, 3 semanas atrás

    kkkkkkkkk

    Responder


  25. Phelipe Castilho, 1 semana atrás

    Ninguém percebeu q na parte ("Logo depois veio a Convenção Nacional, ocorrida entre 20 de setembro de 1972 até 26 de outubro de 1795") a data está errada. não é 1972, e sim 1792!

    Responder


Poste seu comentário

Siga-nos

Receba por email

logo rss

Digite seu email abaixo e receba nossas últimas atualizações por email.

Coloque o seu email abaixo: