Resumo do livro O Cortiço – Veja o filme

39
712
Livro e filme de Cortiço. Veja o resumo
Capa do filme. Veja o nosso resumo do livro o Cortiço.

O Cortiço é um livro que foi escrito no ano de 1890, por Aluísio de Azevedo. Na época do seu lançamento, chegou a ofuscar livros de autores como Machado de Assis, devido a pertencer a escola naturalista, de grande prestígio na Europa. Aluísio de Azevedo é natural de São Luís, Maranhão. Viveu entre os anos de 1857 e 1913. É um dos principais representantes da escola do naturalismo. Abaixo você confere o nosso resumo de O Cortiço.

Resumo de O Cortiço

Resumo de O Cortiço livro e filme

A obra O Cortiço é narrada em terceira pessoa, com o narrador onisciente, ou seja, que tem conhecimento de todos os acontecimentos. O narrador tem total poder na estrutura da história e aparentemente parece ser imparcial, mas na realidade ele entra diretamente em diversos pontos da narrativa.

O tempo é trabalhado de modo linear, com início, desenvolvimento e final da narrativa. A história se passa no Brasil, durante o século XIX, sem data precisas. Há dois ambientes que são explorados no livro: o cortiço e o sobrado do comerciante Miranda e sua família, que fica ao lado do cortiço.

O Cortiço conta a história do caminho que João Romão percorre para ficar rico. Para conseguir atingir esse objetivo, ele, que é o dono do cortiço e de uma pedreira situada ao fundo, explora os seus empregados e até comete furtos. A sua amante, Bertoleza, trabalha continuamente, sem folgas ou descansos. Inclusive, João acaba a enganando com uma falsa carta de alforria.

De um outro lado, temos Jerônimo um dos trabalhadores da pedreira de João. Devido a sua honestidade e desempenho assume o cargo de gerente da pedreira. Após um tempo Jerônimo muda-se com a sua esposa, Piedade, para o Cortiço. Porém, logo se vê apaixonado pela sedutora Rita Baiana. Para ficarem juntos, Jerônimo assassina o namorado de Rita, o qual era conhecido por Firmo. Então, os dois vão morar juntos e aí se inicia um processo de decadência moral e física. Piedade acaba entregue ao alcoolismo.

Ao lado do cortiço mora Miranda, um comerciante bem sucedido, que entra em disputa com João Romão por uma braça de terra que quer comprar para aumentar o seu quintal. Como eles não entram em acordo, eles rompem relações. Movido por uma extrema inveja de Miranda, João passa a trabalhar arduamente para conseguir ficar mais rico do que o seu rival. Porém, Mirando ao ver o enriquecimento de João sai a busca do título de barão visando superá-lo. Quando Miranda recebe o título de barão, aos poucos João percebe que não basta apenas ganhar dinheiro, mas também participar ativamente da vida burguesa, como ler livros e ir ao teatro, por exemplo.

O relacionamento entre Miranda e João Romão melhora quando João passa a tentar imitar as conquistas do rival, tanto que o cortiço passa a ser um lugar mais organizado e agradável e passa a se chamar Vila João Romão. João começa uma amizade com Miranda e pede a mão de sua filha, Zulmira, em casamento, mas tem Bertoleza atrapalhando os seus planos.

Dessa forma, João a denuncia como escrava fugida, e em um ato de desespero, ela acaba cometendo o suicídio. Assim, ele fica livre para se casar e se encerra O Cortiço.

Filme de O Cortiço

Em 1978 foi produzido um filme baseado no livro O Cortio de Aluisio de Azevedo. Abaixo você pode assistir o filme na íntegra caso tenha ficado alguma dúvida.

Gostou do nosso resumo de O Cortiço? Aproveite para conferir também o nosso resumo sobre Memórias de Brás Cubas.

COMPARTILHE