O que é Aquecimento Global – Resumo das consequências

0
440

Aquecimento Global: Resumo de causas e consequências

Você já ficou alguns minutos dentro de um carro, com os vidros fechados e em pleno verão?
O calor do sol, a falta de circulação do ar, sua própria respiração. Tudo isso vai deixando o interior do carro abafado, quente, e impossível de suportar. Esse efeito é bem parecido com o efeito estufa, que tanto ouvimos falar, mas poucos sabem o que realmente é esse fenômeno.

Mas, você sabia que o efeito estufa não é o vilão da terra?

Isso mesmo! A camada de ar que envolve a terra é formada por diversos gases, é a nossa atmosfera. 99% dessa camada é constituída de nitrogênio (N2) e oxigênio (O2), e o restante são pequenas quantidades de outros gases, como o ozônio (O3), óxido nitroso (N2O), dióxido de carbono (CO2), metano (CH4) e vapor da água (H2O).

Esses gases, que ocupam apenas 1% em toda a atmosfera, são os responsáveis pelo efeito estufa, e ao contrário do que muitos acreditam, esse não é um fenômeno causado pela ação do homem. Como ocorre o efeito estufa, então?

É simples! As ondas magnéticas emitidas pelo sol são captadas por alguns desses gases, que permitem sua entrada na atmosfera. Esses mesmos gases são responsáveis por manter as ondas dentro da atmosfera, evitando assim, que o calor seja perdido no espaço, mantendo a terra aquecida, mesmo em períodos em que não há incidência direta do sol.

Mas porque isso é bom, já que sentimos o clima cada vez mais quente?
Bom, o aumento das temperaturas é o fator que causa preocupação, e já falaremos sobre isso, mas a verdade é que sem o efeito estufa, a vida na terra como a conhecemos não seria possível, pois o calor seria perdido no espaço, e o planeta teria uma superfície congelada.

Agora você já sabe o que é o efeito estufa, um fenômeno necessário para a vida na terra. Então, porque fala-se tanto sobre isso como se fosse um risco para a humanidade? Sim, agora vamos falar sobre os fenômenos que tiram o sono de muita gente: o aquecimento global e as mudanças climáticas.

Resumo das causas do aquecimento global

Resumo das causas do aquecimento global

O aquecimento global é o aumento das temperaturas médias nos oceanos e nas proximidades da superfície terrestre. Mas porque isso ocorre?

As pesquisas realizadas, principalmente pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, em inglês), certificam que o aquecimento global é consequência da emissão exagerada de dióxido de carbono, que se concentra em maiores quantidades na atmosfera, aumentando a capacidade de reter o calor na superfície terrestre.

De acordo com esse órgão, as altas emissões de dióxido de carbono, vão provocar até 2100, o aumento da temperatura entre 0,3oC e 4,8oC, em comparação com a temperatura média de 1986 a 2005. Esses dados são projeções, que resultam principalmente da medição, realizada regularmente, dos níveis desse gás na atmosfera.

Em 2013, o nível de emissões foi considerado recorde, com aumento de 2,3% em relação ao que foi emitido em 2012. Os países que mais emitem o gás do efeito estufa são, por coincidência, os mais desenvolvidos no setor industrial: China, Estados Unidos e Índia.

Será que é coincidência mesmo? Não! As indústrias são as principais responsáveis pela emissão de dióxido de carbono, e pelo consequente aquecimento global. Isso acontece porque, para manter o funcionamento, a maioria utiliza combustíveis fósseis, derivados de petróleo, carvão mineral e gás natural.

Para termos uma ideia, a utilização desses combustíveis corresponde a mais de 80% do consumo de energia total, no mundo. A queima desses materiais produz anualmente, mais de 20 bilhões de toneladas do gás, e metade disso atinge a atmosfera. O restante é absorvido pelos processos naturais do planeta.

Consequências do aquecimento global

Resumo das consequencias do aquecimento global

A emissão de tanto dióxido de carbono quanto a terra pode absorver, provoca sérios problemas, principalmente climáticos. As ondas de calor estão se tornando cada vez mais intensas, e as chuvas ficando mais fortes. O padrão dos ventos também se altera, o que pode aumentar a ocorrência de ciclones, tornados e furacões, inclusive em áreas onde esses fenômenos não ocorriam.

Com as alterações no clima, áreas de vegetação, como a floresta amazônica, podem sofrer com o calor intenso e falta de chuvas, prejudicando seu ecossistema e as formas de vida da região. A previsão é que, em conjunto com o desmatamento e as queimadas, a região pode ter sua característica alterada, se transformando em uma espécie de savana.

Outra consequência do aquecimento global é o derretimento das geleiras e o aumento no nível do mar. As estimativas apontam que até 2100, o nível do mar deve subir no mínimo 26 centímetros e na pior das hipóteses, 82. Parece pouco, não é?

O grande problema é que algumas ilhas, localizadas no pacífico sul, estão a apenas um metro de altitude. Isso quer dizer que a mínima variação no nível do mar, pode provocar danos irreversíveis em sua estrutura. As Ilhas Maldivas, por exemplo, com pouco mais de 300 mil habitantes, é a região que corre o maior risco, pois 80% de seu território poderá ficar debaixo d’água.

Esses efeitos podem ser amenizados, caso a emissão de dióxido de carbono seja reduzida, e isso depende exclusivamente da ação do homem. As políticas públicas são responsáveis por realizar os estudos, mas sem uma mobilização internacional, as emissões de CO2 continuarão, e com elas, graves consequências.

Mas há controvérsias quanto ao aquecimento global!

Consequencia aquecimento global: chuva forte

Os estudiosos do IPCC dizem que tem 95% de certeza da participação do homem no aquecimento global. É uma margem significativa, mas ainda assim, questionável. As causas do aquecimento global são muito discutidas, e a comunidade científica ainda não chegou a um consenso sobre isso.

Não saber 100% o que causa o aquecimento global instiga outros estudiosos, que formam um grupo conhecido como “céticos do clima”, e apontam para outros diversos fatos que alteram a temperatura da terra.

Alguns cientistas afirmam que colocar a culpa apenas nas atividades humanas, é ignorar o fato de que a terra possui ciclos climáticos e fatores internos, que também são responsáveis por mudar o clima, deixando as temperaturas mais quentes ou mais frias. Esses fatores internos são variáveis, como a atividade solar, o vulcanismo, os movimentos das placas terrestres e a própria composição atmosférica.

Outros cientistas, mais radicais, apostam numa tese de conspiração, na qual aqueles países mais desenvolvidos poderiam controlar o desenvolvimento de países menores, baseados na teoria do aquecimento global. Assim, países menores se veriam obrigados a reduzir o consumo de energia, diminuindo a produção, e garantindo o monopólio do mercado dos países mais ricos.

Por fim, mesmo que o seja um efeito de fenômenos combinados, a verdade é que o aquecimento global é perceptível em todo o mundo. Mesmo que não exista certeza sobre suas causas, tudo o que puder ser feito para amenizar o aquecimento global deve ser considerado, incluindo a mudança nos hábitos de consumo, que é o grande motivador para a expansão das grandes indústrias.

Documentário sobre aquecimento global

Veja abaixo um documentário do Greenpeace sobre o aquecimento global. O material é bastante informativo e explica algumas das consequências desse fenômeno no Brasil.

Gostou do nosso resumo sobre aquecimento global? Que tal aproveitar para dar uma olhada nosso resumo sobre o relevo brasileiro com fotos.

COMPARTILHE

comentários

SEM COMENTÁRIOS