Modernismo – características, autores, obras

Modernismo - características, autores, obras

O modernismo é um movimento da literatura brasileira que surgiu em 1920 e se estendeu até meados de 1978. Dividido em três fases principais, a literatura moderna reúne características inconfundíveis como a liberdade de expressão, contextualização e inclusão do cotidiano, linguagem coloquial e novas técnicas de escrita. Neste novo estilo moderno, todas as normas e parâmetros da criação artística foram rompidos. Os autores do modernismo passam a valorizar o retrato da vida cotidiana. A vida burguesa sai do cenário artístico.

Os artistas modernos adotam o pensamento que todos os objetos podem se tornar ícones literários. A linguagem muda drasticamente e deixa de ser nobre, dando lugar à coloquialidade, espontaneidade e são permitidos até mesmo alguns erros gramaticais.

Quanto à escrita, os versos aparecem livres, sem as formas fixas de sonetos e versos. As frases curtas são mais valorizadas. A fragmentação do texto e recortes também ganha espaço na literatura moderna. Muitos autores utilizam várias vozes narrativas nos seus textos.

Os sinais de pontuação desaparecem. Essa nova disposição estilística tem por objetivo passar ao leitor a impressão de um texto com aspecto caótico, moderno. A primeira geração do modernismo aconteceu de 1922 a 1930. A Semana de Artes Modernas de 1922 marcou o início do movimento. Os principais autores desta geração são Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Menotti Del Picchia, Manuel Bandeira, Di Cavalcanti, Graça Aranha, Alcântara Machado, Raul Bopp e Guilherme de Almeida.

Na segunda fase, os principais autores foram: José Lins do Rego, Graciliano Ramos, Jorge Amado, Érico Veríssimo, Rachel de Queiroz, Cyro dos Anjos, Octávio de Faria, José Geraldo Vieira, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, Vinícius de Moraes, Jorge de Lima e Murilo Mendes.

A terceira fase da literatura modernista, conhecida como pós-modernismo tem como autores principais: Guimarães Rosa, Clarice Lispector e João Cabral de Melo Neto. Algumas obras de grande destaque do modernismo são: Macunaíma, de Mario de Andrade; Abaporu, de Tarsila do Amaral; A Bagaceira, de José Américo de Almeida; A hora da Estrela, de Clarice Lispector e Livro de Sonetos, de Vinícius de Moraes.


Gostou? Curta nossa página no Facebook e receba conteúdo exclusivo sobre Modernismo – características, autores, obras.

Related Posts

9 Comentários


  1. Kynha Mello, 2 anos atrás

    :D

    Responder


  2. Gilvania Serafim, 2 anos atrás

    Muito bom….

    Responder


  3. Normeide Moreira de Lima, 2 anos atrás

    otimo

    Responder


  4. Francelini Jacintho, 2 anos atrás

    arrebentou

    Responder


  5. Kelson Allques, 2 anos atrás

    muitoo bom

    Responder


  6. Mary Custodio, 2 anos atrás

    Muiiitoo Bom *_*

    Responder


  7. Lucimaria Alves Desouza, 2 anos atrás

    otimo

    Responder


  8. vanessa lima, 1 ano atrás

    mt bom

    Responder


  9. weber, 7 mêss atrás

    kd as obras??

    Responder


Poste seu comentário

Siga-nos

Receba por email

logo rss

Digite seu email abaixo e receba nossas últimas atualizações por email.

Coloque o seu email abaixo: