História – Salário, Matérias, Mercado e Faculdades

Salário, matérias, mercado de trabalho e faculdades de história.
História - Salário, matérias, mercado de trabalho e faculdades
História é a ciência que estuda o homem e sua ação no tempo e no espaço, concomitante à análise de processos e eventos ocorridos no passado.

Quem se forma em História pode trabalhar dando aulas no Ensino Médio, Fundamental ou em cursinhos pré-vestibulares. Grande parte dos cursos de História no Brasil são voltados para a licenciatura, ou seja permite que o profissional lecione em escolas. Além disso, o estágio e o TCC são obrigatórios.

Matérias

Além de História, o curso também possui algumas aulas de Filosofia.

A duração média do curso é de 4 anos.

Melhores faculdades

A UFRGS, Unicamp, USP, UFRJ, UFSC, UnB, UFG, e UFMG são algumas faculdades bem recomendadas.

Mercado de trabalho

Para quem deseja ser professor o mercado está bastante estável. Uma busca no site da Catho por empregos retorna 71 vagas. Já uma pesquisa por currículos informa mais de 21 mil resultados. É importante ter em mente que um dos principais contratadores de professores é o estado, e isso se dá por meio de concursos públicos, os quais não são contabilizados nessa pesquisa.

Salário

O salário médio de um professor é de R$ 950.

_______

Se você ficou com alguma dúvida, ou tem alguma informação a acrescentar, basta usar o formulário de comentários logo abaixo.


Gostou? Curta nossa página no Facebook e receba conteúdo exclusivo sobre História – Salário, Matérias, Mercado e Faculdades.

Related Posts

101 Comentários


  1. Victor Oliveira, 7 mêss atrás

    Esse salário esta realmente muito baixo, mas penso comigo que depende da área que você quer trabalhar na História, se for atuar em magistério você pode fazer concurso público e trabalhar na prefeitura ou no estado, o salário é bem mais em conta. Minha mãe é professora de Português e ganha razoavelmente bem, mas obviamente que nunca chegará aos parâmetros salarial de um governante no Brasil =/

    Responder


  2. Victor Oliveira, 7 mêss atrás

    O mercado de trabalho oferece um número cada vez maior de oportunidades profissionais:
    Professor (magistério) dos Ensinos Fundamental, Médio e Superior;
    Pesquisador ou consultor de Organizações Não Governamentais;
    Consultor especializado para produção em televisão, teatro e cinema;
    Analista de conjuntura para órgãos da imprensa;
    Assessor político de planejamento, projetos e pesquisas;
    Analista e intérprete de documentos originais, como cartas, jornais, diários, gravações, fotografias e arquivos;
    Organizador de exposições históricas e eventos comemorativos em museus, sítios históricos, bibliotecas e arquivos públicos;
    Memorialista empresarial: realização de pesquisa para reconstruir a história de empresas em instituições e apresentá-la em livros, artigos ou reportagens.

    Responder


  3. Victor Oliveira, 7 mêss atrás

    Salariais*

    Responder


  4. Rafael Sousa, 7 mêss atrás

    prefiro nem comentar sobre o assunto.

    Responder


  5. Emanuel Vitor, 6 mêss atrás

    poxa , gosto de historia e queria seguir a carreira de professor. Mas o salario me decepcionou.

    Responder


  6. Italo Carvalho, 6 mêss atrás

    to ganhando 1600 … e eu amo história da humanidade … :C

    Responder


  7. Nildo Gomes, 4 mêss atrás

    Tava pensando em fazer historia , ate ver a pesquisa Salário

    O salário médio de um professor é de R$ 950.

    Responder


  8. Bruno Albring Lima, 2 mêss atrás

    o salario é uma bosta, mas tô me perguntando: fazer pelo salario? ou por aquilo que vc gosta?

    Responder


  9. Juninho Miranda, 2 mêss atrás

    Esse salário é palhaçada. Gosto muito de história mas ganho mais q o dobro disso sem faculdade e trabalhando na indústria. Com esse salário, sem chance.

    Responder


  10. Aline Alves, 2 mêss atrás

    Pelo que gosta!

    Responder


  11. Ana Clara, 2 mêss atrás

    Poxa vida, até que eu gostei mas R$950

    Responder


  12. Alison Scherer, 1 mês atrás

    Eu gosto de historia o salario e uma bosta vou ser professor mas nao pelo salario e sim por que eu gosto.

    Responder


  13. William Gato, 1 mês atrás

    se for um porfessor que só estiver interessado a passar o conhecimento e a verdade, parabéns, valorizo muito! Agora se for pra doutrinar ideologicamente os alunos imbecilizando-os em ideologias socialistas, bom, por favor NÃO FAÇA! Professores em prol de causas ideologicas e desonestidade intelectual já temos a rodo, nao precisamos de mais imbecilizadores de pessoas

    Responder


  14. William Gato, 1 mês atrás

    Não tive um sequer professor que não fosse marxista. UM, meu Deus! Só queria um pra poder dizer que meu ensino nao foi 100% ideologico. Mas enfim…

    Responder


  15. Fernanda Almeida, 2 semanas atrás

    Tem muita gente falando mal do salario de um.professor mais esquecem que a carga horária são de 16 a 20 horas semanais. Então trabalhar duas vezes na semana pra ganha 920,00 não é tão ruim assim . Tem pessoas trabalhando 6 vezes na semana 8 hrs por dia pra ganhar isso ou nem isso. As pessoas desconhecem os fatos e a realidade de um professor.

    Responder


  16. Bruno Henrique, 2 semanas atrás

    William Gato , ser marxista n tem problema, isso diz respeito a vida individual do professor e ele tem o direito de ser, ensinar marxismo? também, desde q esteja dentro da matéria curricular, mas de fato alguns exageram e acabam fazendo uma verdadeira doutrinação, mas o problema disto n é de uma ou outra ideologia em si, mas sim de fanáticos q existem em tds os lugares…

    Responder


  17. William Gato, 2 semanas atrás

    Bruno Henrique leia novamente o que eu disse. Se não entender, nao insistirei nesse assunto. Nao tenho tempo a perder com isso, menos ainda com quem pegou a única parte que, fora do contexto, da essa merda que vc disse. O cara se quiser pode fazer o que ele quiser com a vida dele (com a vida dele, somente com a dele, eis aí!) e to nem aí. Nao disse nada sobre isso, nao seja sonso. E NAO quis dizer em momento algum que nao tem direito de apresentar o Marxismo, obviamente, que somente os fatos. Falar de quem foi Karl Marx, Engels, Hebert Marcuse, Gramsci, entre outros da escola de Frankfurt, no contexto histórico com fatos e as influencias na história, mais nada. Que em filosofia, onde tem outros tnts ideologizadores, assim como em sociologia, eles reflitam sobre as ideias dos pensadores. A diferença está em imbecilizar e ensinar.

    Responder


Poste seu comentário

Siga-nos

Receba por email

logo rss

Digite seu email abaixo e receba nossas últimas atualizações por email.

Coloque o seu email abaixo: