Engenharia de produção: Salário, Mercado de Trabalho, Faculdade

Engenharia de produção: Salário, Mercado de Trabalho, Faculdades

Engenharia de produção é a disciplina e também ferramenta que o profissional usa para aumentar a produtividade de uma empresa utilizando os recursos humanos, financeiros, materiais e outros para esse objetivo. Além de ter conhecimentos em métodos de engenharia para mudar a produção, o profissional em engenharia de produção deve ter conhecimentos em economia e também em administração.

A maneira como o profissional se integra à profissão é muito além do ambiente da empresa onde está trabalhando: situações, acontecimentos e diversos fatores que estão fora da empresa faz com que afete a maneira como o profissional irá aplicar o aumento na produtividade dentro da empresa.

O mercado de trabalho para esse profissional está vasto, a aplicação dos conhecimentos se aplica a vários setores da indústria, além também do ramo de serviços e comércio. Na maioria das faculdades são poucos os alunos que não estejam empregados enquanto praticam ou terminam a sua faculdade. O salário inicial para a carga horária de 6 horas diárias está em torno de R$ 3.000, segundo o CREA do estado de São Paulo, isso pode variar de empresa para empresa, mas a média é  em torno desse valor.

Os engenheiros de produção também podem atuar em ramo logístico, principalmente no estabelecimento de métodos e tecnologias para gerar mais resultados e retornos. Ele também poderá atuar em estabelecimentos como um hospital ou uma loja de determinado produto, atuando de maneira a fazer com que as “engrenagens” do estabelecimento funcionem melhor do que era.

Durante o curso da faculdade o estudante aprende as seguintes habilidades:

  • · Habilidades básicas sobre engenharia e a aplicação de tecnologias na resolução de problemas situacionais.
  • · Bastante contato com cálculos, presentes em matemática, física, química, além de outras disciplinas relacionadas.
  • · Obtém conhecimentos e habilidades para gerir um negócio, assim poderá fazer mudanças sem afetar a administração da empresa.
  • · Estratégias e intervenções empresarias, além de organização do trabalho e otimização de processos e relacionados.
  • · Curso com duração média de cinco anos, tempo para obter habilidades como ciências econômicas além das citadas anteriormente.

A profissão de engenheiro de produção é uma profissão muito boa, principalmente se o estudante gostar do que faz, mas fique atento, pois há faculdades e também outros estabelecimentos de ensino que não dão formação completa e preferem dar um curso com foco para alguma especialização específica. Escolha com sabedoria antes de iniciar seu curso de engenharia de produção.


53 comentários em “Engenharia de produção: Salário, Mercado de Trabalho, Faculdade

  1. estou pensando em fazer esse curso mas tenho duvidas pois nao sou muito boa em matematica, mas gusto muito e penso que na maioria das profissoes tera matematica envolvida

  2. ganhei uma bolsa pela UFRB para cursar engenharia de produção mais ainda to em duvida si vou ou não pois acabei de mim formar em tec. segurança do trabalho e estou estagiando, e ha uma proposta da empresa to com muitas duvida o que fazer mim ajuda ai galera.

  3. Ivanei Villas Boas você trabalha em que área?
    e está em qual qualificação?

  4. Não se faz um curso pensando apenas em uma empresa Felipe. O que acontecera se você não passar no concurso ?

  5. Matheus Henrique, estou no 08° semestre de Engenharia Civil da Faculdade Área 1, no que se refere a estágio, assim como nas etapas da vida, nada aparece de uma hora para outra, é preciso que você se esforce para alcançar seus objetivos, geralmente é mais fácil conseguir estágio a partir do 6 – 7º semestre, pois é aonde você passa a conhecer as matérias especificas do seu curso.

  6. Alessandra Bento Pode ser considerado uma merreca se considerarmos que o peso salarial que vai de empresa para empresa é na média $7.000,00

  7. Ivanei Villas Boas depende do profissional que vc é, faça meu favor, tem gente que so nao é mais burra pq nao consegue, por isso que o brasil esta nessa situação ( em relacao a ESTADO GOVERNO)

  8. Pablo, tenho professores na faculdade que são engenheiros de produção e elem não desmentem essa informação, e vc pode ir em qualquer site confiável, que faz qualquer tipo de levantamento sobre o assunto, eles o passaram a mesma perspectiva. Não se assuste, sobretudo, uma vez que disse que o profissional, no auge da carreira, ganha tal quantia!

  9. Vale a pena, Estou no primeiro semestre ainda mais apesar de no começo estou gostando. Quem quiser fazer, precisa gostar bastante de Física, Química e principalmente em Matemática. :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>